Google+ Followers

6.12.06

"Livros que li este ano"

Confesso que tenho uma grande compulsão: a de comprar livros. Este ano eu perdi a conta de quantos livros eu comprei. A maioria é de livros “teológicos” em virtude de meu curso de teologia exigir uma leitura a cada dois meses. Muitos nem li ainda, outros comecei e não terminei. Mas alguns me chamaram a atenção foi “O Apóstolo dos Pés Sangrentos”, escrito por Boanerges Ribeiro e que conta a vida de Sadu Sudar Sing, um indiano de família nobre, da seita sik, que após se converter ao Evangelho sofreu perseguições, prisões e privações. Porem seu desejo de evangelizar era superior a qualquer obstáculo. Leitura obrigatória.
Outro livro foi “Jerusalém nos Tempos de Jesus” de Joaquim Jeremias. O autor faz um apanhado de Jerusalém no âmbito social, político e econômico, no século I d.C. A relação entre os partidos religiosos e as classes sociais e como era a vida das mulheres e dos escravos são alguns dos tópicos debatidos. Muito importante para termos noção de como era a vida nos tempos de Jesus.
O Fator Melquisedeque” de Don Richardson, que faz uma narrativa de como Deus se revelou em outros povos e culturas ao redor do mundo, a chamada “Revelação Geral de Deus”.
Um dos que eu comecei a ler, mas não terminei sua leitura é “Khazares” de Arthur Koestler que traz uma abordagem surpreendente do Império Khazar, povo turco que prosperou entre os séculos VII e XI, e adotou o judaísmo como religião e quem tiveram grande influência na nossa atual cultura ao entender o impacto da 13ª tribo e na herança social do Judaísmo moderno. Inclusive a teoria que o autor defende é que o atual povo Judeu é descendente desta “13ª tribo” o que põem em duvida a origem “sionista” do povo judeu.
Confissões de um Pastor” de Caio Fábio é outro livro que me prendeu a atenção. Neste livro, o Pastor Caio Fábio relata toda a trajetória de sua vida, começando pela historia de seu bisavó e avó até os anos de 1998. Maravilhosa leitura para que quer saber um pouco mais da vida deste homem. Caso você queira saber mais sobre o Caio a partir de 1998 até os dias atuais recomendo que acesse o site http://www.caiofabio.com/ que você encontrará todas as informações deste período de sua vida.
Outro livro, também do Caio que comecei a ler hoje (06/12/2006) é o “Enigma da Graça”. Um livro que aborda na forma “existencial” o livro de Jó que, segundo Ed René Kivitz “é um texto a respeito da angústia de quem deseja viver sob a Graça, mas está sempre sendo julgado, seja pelos homens, pelo diabo ou pela sua própria consciência. Pela Teologia Moral de Causa e Efeito”.
Tenho outros livros para ler, mas já esta na fila para o início de 2007 outro livro do Caio Fábio (rsrs), o “Sem Barganhas com Deus” que antes mesmo de ler já recomendo para todos. É isto ai, espero que as dicas tenham sido boas.

Nenhum comentário: