Google+ Followers

19.12.06

"Os Limites do Diabo" - Caio Fábio - www.caiofabio.com


O Diabo é uma criatura. Uma dessas que Paulo diz que não tem poder de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus.No livro de Jó é tão claro como o Diabo é como o mar: forte, mas recebeu limites além dos quais não traspassará sem a permissão da Soberania de Deus. O Senhor diz até onde ele pode ter permissão para ferir. E os propositos de Deus sempre haverão de revelar um bem oculto atrás das ações até mesmo do Diabo. Num mundo caído nem o Diabo sabe onde suas ações encontrarão com a Graça! No caso de Jó é tão claro que Satanás tem seu limite bem estabelecido! Aqueles que pensam que o poder malévolo do Diabo é ilimitado, sofrem da terrível e diabólica idéia de que Satanás tem poder de fazer qualquer transgressão contra Deus, que não seja, antes, contra ele mesmo. Contra si mesmo, Satanás, à semelhança dos humanos, pode pecar à vontade! Quando se trata, todavia, de levar a criação ao caos, Satanás esbarra sempre na Face Soberana do Criador, que é Deus zeloso, tendo amor por todas as suas criaturas. Tratando-se de humanos que amam a Deus, mais ainda o poder maligno está limitado! Por isto, que fique claro: Satanás não pode ir além do permitido, de acordo com o bem maior que se oculta na vida daqueles que amam a Deus (Rm 8: 28-29).Hoje em dia, provavelmente disséssemos que Jó havia somatizado suas dores. Muitas vezes é isso que acontece. Mas há ocasiões em que os males físicos de alguém são fruto de um ataque espiritual (Lc 13:10-17). Doenças psico-somaticas podem nos fazer mais mal que aquelas feridas abertas diretamente pelo Diabo. O Diabo tem seu limite em relação ao homem. Mas o homem não conhece limites quanto a exercer sua liberdade contra si mesmo! Enfermidades auto-produzidas são mais letais que aquelas que resultam de ataques malignos. O homem pode ser matar! Por isto saiba: seu pior diabo é você!
Caio
4/2/04

Nenhum comentário: